06/04/2015

O último poema para ti...

"escrevi-te o último poema
depois vou esquecer-te
às vezes...
sempre que o coração deixar...
e sem pressa
sem tragédia
deito o olhar no crescente da lua
absorvo o aromas das rosas de outono
corro as persianas
acendo um candeeiro suave
sobre a poltrona
e com um sorriso doce
adormeço-te em mim...

r.r."

Sem comentários:

Enviar um comentário